Games

O manual perdido há muito tempo revela segredos surpreendentes do sexo de 1720.

Spread the love

Sharing is caring!

O livro sugere que uma esposa pode tornar-se um “segundo eu” de um homem e adverte sobre o entusiasmo incômodo das mulheres pela indulgência sexual.

Um manual de sexo há muito perdido da década de 1720 expôs algumas das crenças mais inquietantes a serem realizadas na época georgiana.

A obra-prima de Aristóteles foi completada em duas partes, o primeiro que contém os segredos da geração foi banido até a década de 1960 e uma cópia do título deve ser leiloada em Derbyshire no próximo mês.

Avisos sobre as monstruosas consequências da bestialidade, conselhos sobre a importância do afeto mútuo e dos ensinamentos sobre a finalidade de uma esposa para um marido na publicação.

Entre suas avaliações pouco ortodoxas estão a especulação de que as crianças podem nascer com características animais como resultado de mães copulando com animais.

Ele ilustra as advertências com desenhos alarmantes das possíveis consequências da bestialidade, incluindo uma criança com asas e uma única perna de frango à escala humana.

Monstros

O indivíduo retratado é reivindicado ter nascido no ano 1512 em Ravenna, Itália – 200 anos antes do lançamento do livro.

O leiloeiro Jim Spencer disse: “Isso é culpado de” afeto imundo e corrupto “.

“Mas você deve ter em mente que este livro foi escrito quando as pessoas ainda estavam sendo queimadas por bruxaria na Inglaterra georgiana.

“Um século depois que as mulheres ganharam o direito de votar no Reino Unido, este livro nos leva de volta a tempos muito diferentes. Ele fala do homem sendo” a maravilha do mundo, a quem todas as coisas estão subordinadas “.

Lábios de gordura

“Enquanto isso, as mulheres são pintadas como propensas a indulgência sexual”.

Mesmo evitar tristos com animais pode não garantir descendentes convencionalmente atraentes, de acordo com o tomo aristotélico.

Argumenta, também, que a imaginação dos pais poderia alterar as características de uma criança, alertando que a “força da imaginação” poderia produzir um bebê com “um lábio peludo, boca torta ou lábios gordurosos”.

Para evitar uma perspectiva tão terrível, as mulheres são aconselhadas a “olhar com firmeza ao homem e consertar sua mente sobre ele” durante o sexo, de modo que o “filho se assemelhe ao seu pai”.

Abominação

Os vorazes apetites sexuais das mulheres também são discutidos extensamente no livro.

Na puberdade, diz, as “purguras naturais das mulheres começam a fluir” e o sangue “abundante” em seus corpos “incendia suas mentes para a paisagem” – ou indulgência sexual.

“As causas externas também podem incitá-las, pois os espíritos estão vivos e inflamados quando chegam a esta idade”, continua o texto.

Continua sugerindo que as meninas devem evitar comer coisas gordas e gordas, o que faz o corpo aquecido.

Wedlock significa um homem que conhece seu segundo self, o livro diz

É discutido conselhos práticos sobre assuntos que vão desde um casamento feliz até melhorar a chance de conceber um gênero específico.

“Antes que eles comecem seus abraços conjugais para revigorar seus desejos mútuos e queimar suas chamas com um ardor mais feroz por aquelas maneiras cativantes que o amor pode ensinar melhor do que eu posso escrever”, insiste o autor.

“E quando eles fizeram o que a natureza pode exigir, um homem deve ter um cuidado de que ele não parte muito cedo dos abraços de sua esposa”.

Pensamentos sobre as idades para fósforos também estão incluídos

Conselhos sobre como influenciar uma gravidez na escolha das características do sexo também.

Para um menino, é sugerido que os pais tentam conceber quando o sol está em Leão e a lua em Virgem, Escorpião ou Sagitário, e que uma mulher deita-se logo após o sexo. Para uma menina, ela deveria deitar-se à sua esquerda.